terça-feira, 28 de outubro de 2014

Foguete espacial não tripulado explode durante lançamento em base da Nasa





O foguete espacial não tripulado da empresa privada americana Orbital Sciences Corporation explodiu nesta terça-feira (28) seis segundos após o lançamento em Virginia, nos Estados Unidos. Ele lançaria a cápsula espacial Cygnus, que fazia parte de uma missão de reabastecimento da Estação Espacial Internacional (ISS). De acordo com a Nasa (Agência Espacial Americana), ninguém ficou ferido na explosão. A área está fechada.

O foguete, da altura de um prédio de 14 andares, construído e lançado pela Orbital Sciences, decolou às 20h22 (horário de Brasília) da plataforma na Ilha Wallops, na Virgínia, e explodiu.

"Nós perdemos o veículo Orb-3", afirmou o comentarista do Controle da Missão da Nasa, em Houston, após a decolagem.

O vídeo mostra o momento em que o foguete é lançado e a explosão do veículo ainda no ar. Em seguida, ele cai na plataforma, provocando mais chamas ao atingir o solo.

Segundo a emissora CNN, o porta-voz da Nasa Jay Bolden confirmou a falha no lançamento e afirmou que houve danos ao veículo e outros materiais. "Havia materiais significativos e danos ao veículo. O controle da missão vai tentar avaliar o que deu errado."

segunda-feira, 27 de outubro de 2014

Cosmonautas russos da ISS iniciam caminhada espacial!


Os cosmonautas russos Maxim Surayev e Alexander Samokutiayev, membros da tripulação da Estação Espacial Internacional (ISS, sigla em inglês), iniciaram nesta quarta-feira (22) uma caminhada espacial para realizar vários trabalhos na fuselagem externa da plataforma, informou o Centro de Controle de Voos Espaciais da Rússia.

Tal como estava programado, Surayev e Samokutiayev saíram para o espaço exterior às 17h24 de Moscou (11h24 de Brasília) pela escotilha "Pirs", situada na parte russa da estação espacial.

Segundo a agência espacial russa Roscosmos, os cosmonautas, que empreenderam a caminhada espacial de número 40 do programa russo na ISS, trabalharão na parte externa da estação durante pouco mais de seis horas.

Durante a missão, Surayev e Samokutiayev desmontarão o complexo de radiometria RK-21-8, um equipamento que será lançado ao espaço, e retirarão a cobertura protetora de um contêiner de lixo com material orgânico e biológico para sua exposição ao espaço sideral.

domingo, 26 de outubro de 2014

Satélite da Nasa registra 'antes e depois' da represa Jaguari




A Nasa divulgou duas imagens feitas pelo satélite Landsat 8, em cor natural, da represa Jaguari, em Bragança Paulista, no interior de São Paulo. A primeira foi feita em 16 de agosto de 2013, antes da estiagem que reduziu o nível da barragem, integrante do Sistema Cantareira, principal responsável pelo abastecimento da cidade de São Paulo. A segunda foi registrada em 3 de agosto deste ano. Observando os dois registros, é clara a alteração nos níveis de água, ficando evidente, na segunda, a faixa de areia nas bordas da represa.

Segundo texto divulgado pela agência norte-americana, mesmo em 2013, Jaguari já aparentava uma "maré baixa". Na foto tirada em 2014, a água está mais clara, porque, de acordo com a agência, está mais rasa, o que alterou a sua coloração.

Fonte: UOL

sábado, 25 de outubro de 2014

Estrelas ?


E ai, o que você acha, são estrelas ? Não. Por incrível que pareça são GALÁXIAS, cada pontinho desses, por mais fraco ou forte que seja. E no meio desses pontos existe uma galáxia em que há um sistema planetário com vida, e os seres que habitam esse planeta são tão estúpidos a ponto de acharem que são únicos no universo. 

sexta-feira, 24 de outubro de 2014

China lança primeira missão de ida e volta à Lua


m
A China lançou nesta sexta-feira (24) a primeira sonda espacial de ida e volta à Lua, mais uma etapa de um ambicioso programa espacial que pretende enviar astronautas ao satélite da Terra.

"A primeira fase da viagem foi um sucesso", anunciou a Administração Estatal de Ciências, Tecnologia e Indústria para a Defesa Nacional (SASTIND) em um comunicado.

O lançamento aconteceu na base espacial de Xichang, ao sudoeste da província de Sichuan. A sonda deve chegar à Lua, dar a volta no satélite e retornar à Terra.

No total, a sonda deve percorrer 413.000 quilômetros da Terra até o ponto mais distante em oito dias de missão. O pouso está previsto para a região chinesa da Mongólia interior (norte), segundo a agência estatal Xinhua.

Esta é a primeira vez que os cientistas chineses têm como meta o retorno de um módulo orbital, que precisará resistir na reentrada da Terra, em particular às elevadas temperaturas provocadas pela fricção do contato com a órbita terrestre, na qual penetrará a uma velocidade de 11,2 quilômetros por segundo, antes de reduzir a aceleração.

A missão pretende testar a tecnologia que será utilizada na missão Chang'e-5, (nome da deusa da Lua na mitologia chinesa), prevista para 2017, que deseja coletar mostras da superfície lunar.

Fonte: UOL

quarta-feira, 22 de outubro de 2014

Menina de 13 anos treina com a Nasa para ir a Marte em 2033




Uma menina de 13 anos de idade já está treinando duro e com bastante antecedência para conseguir um feito inédito: ser a primeira pessoa a pisar em Marte.

Alyssa Carson, de Baton Rouge, no Estado americano da Louisiana, está se preparando para desembarcar no planeta vermelho em uma missão espacial em 2033.

No centro de visitantes da agência espacial americana, a Nasa, ela simula um pouso interplanetário após viajar na sonda exploradora Curiosity.

"Quero ir a Marte porque é um lugar aonde ninguém nunca foi. Completamente deserto", disse Alyssa à BBC. "Quero ser a primeira a dar esse passo."

A jovem considera que tem "altas chances" de ser escolhida para o projeto porque já está treinando há nove anos. No futuro, suas habilidades e o currículo só aumentarão, afirma.

O pai da menina, Bert, diz ter "certeza absoluta" de que a filha um dia vai conquistar o seu objetivo, motivada por sua paixão e trabalho duro.

Ele afirma que já discutiu com a filha os riscos das missões espaciais. Mas se essa é a única forma de ela alcançar o seu sonho, está disposta a correr o risco, conta o pai.

Alysson se mostra resoluta no ambicioso projeto de vida. "Já pensei em fazer outras coisas, mas astronauta sempre foi a primeira. O fracasso não é uma opção."

Cometa Passou raspando em Marte !!!




Um cometa passou muito perto de Marte, em um encontro que acontece uma vez a cada milhão de anos e que será abundantemente fotografado e documentado, informou a Nasa.



O cometa C/2013 A1, também chamado "Siding Spring", tem um núcleo de 1,6 km de diâmetro e é tão pouco sólido quanto um monte de talco.



O astro passou à toda velocidade a apenas 139.500 km do planeta vermelho. Se fosse passar tão perto do nosso planeta, a distância equivaleria a um terço daquela entre a Lua e a Terra.



"Siding Spring" passou pelo ponto mais próximo de Marte às 18h27 GMT (16h27 de Brasília) de domingo, 19 de outubro, informou a agência espacial americana.
Embora voe no espaço a uma velocidade vertiginosa de 202.000 km/h, o pequeno cometa tem poucas probabilidades de se chocar com a superfície marciana.

domingo, 12 de outubro de 2014

Por que, às vezes, se forma uma anel em volta da Lua?


O nome desse anel luminoso é halo lunar: um fenômeno óptico que acontece quando a luz da Lua passa por minúsculos cristais de gelo suspensos na atmosfera. O resultado é um anel de luz com área até 44 vezes maior que a do satélite terrestre em dias de lua cheia. O fenômeno se dá na troposfera, a cerca de 17 quilômetros de altitude, graças aos cristais de gelo que formam as nuvens do tipo cirrus. Quando a luz lunar passa por essa camada de nuvens, rola uma refração, ou seja, ela pode mudar de direção. É isso que forma o halo no céu - algo similar acontece quando mergulhamos um canudo num copo e a imagem acima e abaixo do líquido ficam desencontradas. Já o formato circular do halo é fruto da estrutura hexagonal dos cristais. O arco-íris é outro exemplo de espetáculo visual causado pela interação entre a luz que entra no planeta e elementos da atmosfera - a diferença, nesse caso, é que a fonte de luz é o Sol e o meio de refração são gotículas suspensas. Embora não seja tão colorido, o halo lunar costuma ser usado na meteorologia popular: há quem garanta que um anel em volta da Lua é sinal de chuva.
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Marcadores

10 anos 10th IMAA ABC da Astronomia Adonai Lopes Água Alinhamento anã fria andrômeda Antimatéria Asteroid day Asteroides Astrobiologia Astrofísica Astronauta Astronáutica Astronomia Astronomia na Praça Atmosfera Bibliografias Big Bang bolha Brasil Buraco Negro C.E.C Calendários calourada Caravana da Ciência e Cidadania Carl Sagan Caronte CARONTE 2016 Caronte no 10th IMAA Cassini Cataclismos Centro Educacional Caminhar CERN céu cfc China chuva Ciência Cinturão de Kuiper Clube Caronte Cometa Cometas competição Constelações Corpos Extrasolares Cosmologia Curiosidades Curiosity descoberta Divulgação Eclipse Eclipse Lunar efeitos Efeméredes Einstein Elias Cloy Encontro Internacional de Astronomia e Astronáutica Eratóstenes ESA ESO espaço estrela Estrelas Eventos Exoplanetas Exploração Espacial Extensão Fenômenos Naturais Fim do Universo Física Moderna Foguete Foguetes foto Fundação São José Gagarin Gagarin O Primeiro no Espaço | Filme Completo galaxia Galáxias garrafa pet Gigantes Vermelhas Grandes astrônomos Gravidade Grécia Greenglow História Astronômica IAU IFF IFFluminense Campus Itaperuna IMAA Imagens da Semana Índia Início dos trabalhos ISS Itaperuna IV Semana da Fundação Júpiter Kepler laranjada Lixo Espacial Louis Cruls Lua Maikon Vieira Mark Zuckerberg Marte Matéria e Energia Escura Matheus Vieira membros do clube Mercúrio Meteorologia Meteoros Missão Marte mistériio Mitologia Mitologia Indígena MOBFOG MOFOG mundo Nasa NASA publica a maior foto mundo!! Nely Bastos Nicolau Copérnico Nobel Notícias Notícias de Astronomia O projeto misterioso OBA objerto Observação celeste oficina Ondas Gravitacionais ONU Origem da Vida Pesquisas Públicas Planeta anão Planetas planetas habitáveis Plutão Poluição Luminosa Popularização da Ciência Premiação I Competição de Foguetes Caronte Premiação OBA 2016 Prof. Adriano Ferrarez Pulsar Quasar Radiotelescópios Relatividade robô Rodrigo de O. França Ron Evans Rússia Salvar a Humanidade Samanta Meireles Satélites Satélites Artificiais Saturno Sávio Andrade SERÁ QUE O SER HUMANO PODERÁ MESMO VIVER NO ESPAÇO? Sistema Solar Sol Sonda Sondas SpaceX Stephen Hawking superlua Telescópio Hubble Telescópios Tempestade Solar Terça dia 22/03/2016 Terra Universo Vênus Very Large Telescope (VLT) Via Láctea Viagem Interestelar Vida Extraterrestre Vídeos